Comentários a guerra Israel e Palestina

Palestina hoje e na proposta da ONU em 1947

A guerra entre Israel e Palestina é longa e cheia de episódios. Entretanto trata-se de uma batalha entre um estado constituído (Isarael) e outro estado que formalmente não existe (Palestina). Para Israel vencer o grupo Hamas ou outro qualquer é “relativamente fácil”, pois possui um exército moderno, grande e forte. A Palestina como não é estado de fato, não possui exército, possui um governo simbólico para atenuar críticas. Como se vê, Israel tolera o Hamas e mesmo a Palestina e outros grupos políticos ou armadados que lutam seja pela Palestina e/ou pelo fim do Estado de Israel. 

Já se foi o tempo no qual se pensava que radicais e extremismo só existiam do lado palestino, isso existe sim do lado de Israel, entretanto estes extremistas israelenses não precisam se armar, pois o estado de Israel já faz todos os ataques que eles gostariam de fazer, o próprio estado faz e ainda tem a anistia formal. Pois ele não comete atentados nem terrorismo, comete reação, comete contra-ataque, comete defesa, comete guerra. Guerra é formalmente uma violência permitida e até normaltizada, mas ataques como o do Hamas, não.

A Palestina só irá se constituir como estado sob permissão de Israel. Ele como estado mais forte nunca irá permitir a existência de um estado Palestino forte ou que possua idéias das quais não concorde. Apenas se os dois estados negarem a existência um do outro e virarem-se às costas alguma paz poderá haver, ou seja, eles só existirão enquanto estado se forem justapostos e não se estiverem juntos. A história destes dois estados (não falo dos árabes, falo dos palestinos) criou base suficiente para existência de um antagonismo óleo e água. Isso poderá acabar, mas aos poucos e após muito tempo. 

Hoje Israel tolera a Palestina, pois a qualquer momento poderia expandir a guerra dos seis dias e anexar de vez os territórios palestinos, as pequeninas gaza e cisjordânia. Isso não é feito devido a pressão dos países que apoiam e sustentam Israel, isso fariam ele perder toda a sua credibilidade internacional, o que não deseja.

A Palestina não tem e levará muito tempo para possuir empresas, universidades, escolas, espaços de entretenimento e diversão. O que ela possui hoje são hospitais, mesquitas e casas, pois é o povo e sua religião que os mantêm, os hospitais são para dos feridos de guerras. Um estado nestas condições não causa temor a outro seja economicamente ou militarmente. A Palestina tem a força política e a legitimidade de possuir uma terra e um estado para seu povo. Isto mantêm seu povo vivo e oferece garantia de que ele não seja atropelado em seu direito.

Se antes Israel nascia para atender uma vontade do povo judeu, nascia como estado frágil por ser uma ilha no mundo arábe, hoje Israel é um estado que dificilmente perderá seu posto e que dificilmente sairá de lá. Ironicamente, a Palestina é hoje um estado frágil e que poderá sumir formalmente do mapa a qualquer momento. É  um estado sem continuidade territorial, sem governo formal, sem exército, sem instituições, sob ameaça. É uma ilha a diminuir aos poucos. O povo palestino não possui quem o defenda, as grandes nações não os defende, os grupos armados enfraquecem sua voz (ao mesmo tempo que a fazem ecoar) e o próprio povo palestino não tem mecanismos instituicionais fortes para isso. Como se vê na foto a Palestina era menor que Israel já no papel e isso na prática se torna pior a cada dia.

Nós ocientais e grandes nações damos atenção e respeitamos as forças das armas ou das palavras? A reivindicação armada ou a reivindicação da fala?

Veja também: HARI: O MUNDO ASSISTE À AUTODESTRUIÇÃO DE ISRAEL e PROTESTOS PELO MUNDO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: