BBC se nega a divulgar apelo humanitário por Gaza

 

Deu no Anais Políticos:

Será que para ser imparcial deveria haver um apelo humanitário por Israel para auxiliar os seus 13 mortos? Será que agora não se poderá mais divulgar apelos humanitários, pois são parciais em favor de ricos, europeus do oeste ou humanos do norte? Pior ainda, uma reportagens sobre Gaza pode até ajudar, mas saber como entrar em contato com as ONG’s e agências humanitárias auxiliam muito mais. QUE TRISTE EXEMPLO. Como diria Boris: isso é uma vergonha!

Vejam:

A BBC era um baluarnte da honestidade jornalística, mas pessoas do mundo todo notaram que durante a passagem de Bush no poder, durante um certo tempo tudo passou a ser relativizado.

Vejam notícia:

“Neste sábado, o governo britânico pediu à BBC que mude de idéia quanto à recusa em transmitir um apelo por ajuda humanitária a vítimas da guerra em Gaza.A BBC disse que a transmissão do apelo do Comitê de Desastres Emergenciais (DEC, na sigla em inglês), uma coalizão de 13 agências humanitárias, comprometeria a imparcialidade de sua cobertura.

“A coisa mais importante que podemos fazer pelas pessoas que estão sofrendo é continuar a fazer reportagens. E nós temos feito um trabalho exemplar, reportando o sofrimento das pessoas de Gaza”, afirmou Caroline Thomson, chefe de operações da BBC.

“Se perdermos a confiança do público porque parecemos apoiar um lado em vez do outro, então teremos prejudicado as próprias instituições de caridade, assim como todas as outras partes envolvidas”.

A transmissora Sky assumiu a mesma posição ao pronunciar-se sobre o apelo do governo britânico. Já a ITV informou que irá levar o apelo ao ar. Mas a BBC chamou mais a atenção do que as outras, pois trata-se de uma rede pública.

Douglas Alexander, secretário de Desenvolvimento Internacional, disse que o público britânico sabe distinguir o apoio à ajuda humanitária da cobertura parcial sobre o conflito.

“Diante do tamanho do sofrimento das pessoas em Gaza neste momento, eu realmente não consigo ver credibilidade neste tipo de argumento”, disse.

A BBC alegou que o acesso das organizações humanitárias a Gaza está restrito de qualquer maneira. Mas Alexander diz que voluntários e suprimentos conseguiram chegar à Faixa de Gaza na sexta-feira.

“Não acho que o acesso limitado seja uma justificativa adequada para não transmitir um apelo para que tentemos lidar com uma situação humanitária que ainda é terrível”, disse Alexander à rádio BBC.

Políticos e grupos humanitários escreveram à BBC para tentar convencê-la a rever sua decisão. Centenas de pessoas também fizeram uma manifestação diante de uma das sedes da BBC Londres.

Durante a ofensiva israelense na Faixa de Gaza, que durou 22 dias, cerca de 1,3 mil palestinos foram mortos e mais de 5 mil ficaram feridos. Do lado israelense, 13 pessoas morreram. Israel afirmou que a ofensiva tinha o objetivo impedir que o Hamas continuasse a lançar foguetes em seu território”

Anúncios

One Response to BBC se nega a divulgar apelo humanitário por Gaza

  1. […] dia BBC se negou a divulgar apelo humanitário por Gaza alegando que isto feria o equilibrio da transição do conflito. Agora o blog acerto de contas, […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: