PF vai apurar morte de Manoel Bezerra

O governador Cássio Cunha Lima (PSDB) se reuniu na tarde desta quarta-feira (4) com o ministro da Justiça Tarso Genro para pedir a transferência de competências do acompanhamento do caso que investiga o assassinato do advogado Manoel Mattos, morto com dois tiros no litoral sul da Paraíba em 24 de janeiro, além de outros casos citados na CPI do Grupo de Extermínio. 

“Eu fui muito bem recebido pelo ministro, que me pediu para entrar em contato com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, para que ele fizesse uma solicitação semelhante. Já falei com Eduardo, que se prontificou a enviar um ofício amanhã mesmo”, contou Cássio.

O ministro disse ao governador paraibano que vai aguardar receber pedidos semelhantes de parlamentares e de entidades ligadas aos direitos humanos para encaminhar a solicitação à Procuradoria Geral da República que emitirá um parecer e o enviará ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), a quem cabe a palavra final sobre quem deve cuidar do caso.

 O governador se reuniu com o ministro Tarso Genro, juntamente com o deputado federal Luiz Couto e membros da direção nacional do PT. O governador atendeu a pedido de Associações de Direitos Humanos do Brasil que cobraram a entrada da PF no caso, bem como o julgamento dos acusados pela Justiça Federal, já que o crime acontece na divisa dos estados da Paraíba e de Pernambuco.

Fonte: Wscom e Paraíba1

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: