FHC, o mandato presidencial e a república de remendos

FHC

Fiquei ontem sem internet e ocupado com muito trabalho. Hoje a internet “voltou” e a notícia que vejo é sobre a aliança entre Aécio e Serra para a campanha de 2010.  Esta aliança marca a unidade de cúpula do PSDB e mostra que as eleições se encaminham para um enfrentamento entre PT_PSDB. Muito embora haja tendências de fragmentação na base do governo, as duas correntes tendem a se enfrentar e a disputa parece que vai ser feia, pois seus líderes guardam os rancores dos últimos anos. Aí alguém lembra: e o PMDB. Esse vai ficar como estar, no governo, fragmentado e divido. Ou seja, vão liberar as alianças e apoiar o novo presidente.

Essa inicial não é o que mais interessa neste post, mas sim um aspecto que caminha junto das composições e negociações para o mandato 2010-2014: a definição sobre o tempo de mandato presidencial.

FHC é um dos centros desta polêmica. Depois de ter instituido no Brasil, por mecanismos ainda não claros o segundo mandato, para que ele mesmo ocupasse. Agora quer instituir o mandato estendido de 5 anos, para que seus pupilos ocupem. Como se vê só há nestas intenções imediatismo, oportunismo e interesses particulares sobrepondo-se a qualquer outros.

Na outra ponta, há a base governista querendo dar força a campanha do terceiro mandato. Do mesmo modo, só há imediatismo, oportunismo e interesses particulares sobrepondo-se a qualquer outros. Cada qual que puxe a sardinha para o seu lado. 

Este por si só já é um bom indice de como será ou não será a discussão da reforma política do Brasil. Na verdade, o que se deseja é que tudo mude para continuar no mesmo lugar. Ninguém quer perder nem largar o osso que suou para conquistar, pelo contrário, querem ampliar suas posses. 

A falar de hoje, não vejo como essa reformar vai sair. Só virá se o nosso congresso não legislar sobre estas leis ou se a reformar for a prazo, ou seja, faz-se hoje, mas as mudanças só valem daqui a cinco anos ou sete anos. 

FHC como sempre muito astuto, sabe que a tese do terceiro mandato não é boa, pois ele não está no governo e quer impedir qualquer possibilidade de Lula fazer seu terceiro mandato daqui a 4 anos. Além disto, esta tese carrega em si algo no mínino fora do razoável. Aí ele vem com essa dos 5 anos.  Como se diz no direito, FHC abriu jurisprudência ao por em prática o segundo mandato, aí cada um que queria definir a tempo de governo da forma que lhe convém. 

Alias isso parece mostrar bem como nossos políticos tem dificuldade de sair do poder. Após a monarquia, nossa republica foi na verdade um remendo. De 1889 até aqui já tivemos o acordo do Café-com-leite (Minas e São Paulo), a ditadura Vargas e a ditadura Militar. Após esse trauma, FHC vem e cria o segundo mandado. Uma forma elegante de se manter no poder, haja vista que aqueles acordos escussos ou atitudes de força não cola mais.

Ninguém se conforma em saber que fez a sua contribuição para a sociedade e que agora seu papel pode ser exercido por outros meios respeitado as regras do jogo. Mas não…

Apesar de revelar algum tipo de amadurecimento político essa longa república de remendos  mostra como não se trata as questões políticas do País de forma séria. Ninguém quer pensar o País num projeto de longo prazo. E o pior, a mídia que poderia fazer debates mais sérios, se curvar a picuinhas políticas, debatendo-as em si mesma. Girando em círculos ela não consegue ir além das mesmices. 

—-

3 respostas para FHC, o mandato presidencial e a república de remendos

  1. Nao se assute. disse:

    Nao durou muito a mentira da Der Göbbels e Aécio NEVER desmentiu, e em tom meio furioso.

    Serrassuga tá mais perdido q azeitona em boca de banguela, e nem se deu conta.

    Ainda.

    Inté,
    Murilo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: