A influência de Zé Dirceu. Mais forte que o PT?

Matéria bem relevante. Vejam:

O município paranaense de 20 mil habitantes administrado pelo filho do ex-ministro José Dirceu (PT) recebeu, proporcionalmente, o dobro de verbas da União do que a maior cidade do país nos últimos dois anos. Mais também do que outras importantes capitais do país, como Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília, e do que municípios vizinhos do mesmo porte.

A cidade de Cruzeiro do Oeste, dirigida pelo prefeito José Carlos Becker de Oliveira e Silva, o Zeca Dirceu (PT), recebeu R$ 11,1 milhões da União entre 2008 e outubro deste ano. A conta exclui as transferências constitucionais obrigatórias, como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e o Fundo da Educação Básica (Fundeb).

Desde o início do ano passado, o governo federal destinou R$ 552,85 por habitante no município do prefeito Zeca Dirceu. Nesse mesmo período, os repasses federais para cada um dos quase 11 milhões de habitantes de São Paulo ficaram em R$ 244,92. A média de Cruzeiro do Oeste também supera a registrada no Rio, que é de R$ 353,83, a de Brasília, R$ 537,85, e a de Belo Horizonte, R$ 524,69. Os dados fazem parte de levantamento feito peloCongresso em Foco no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi).

Denúncia do MPF

Há quatro anos o Ministério Público Federal acusa José Dirceu, Zeca Dirceu e Waldomiro Diniz de usarem a estrutura do Palácio do Planalto para beneficiar prefeituras do noroeste do Paraná e patrocinarem um projeto político.

Dirceu diz que a denúncia é frágil, pois não foi aceita pela Justiça. Zeca nega a interferência do pai e afirma que conta com bons profissionais que aumentam a eficiência administrativa da cidade. Procurada pelo Congresso em Foco, a Presidência da República afirma que não há qualquer favorecimento a Cruzeiro do Oeste nas transferências de dinheiro da União para o município.

O mapa dos recursos federais
(Quadro comparativo de verba repassada para Cruzeiro do Oeste, capitais e cidades vizinhas do município de Zeca Dirceu)

Cidade

Prefeito

Verba (R$)*

População

Verba por habitante

Maringá (PR) Sílvio Barros (PP)

229.479.959,49

325.968

704,00

Londrina (PR) Barbosa Neto (PDT)

278.075.790,46

497.833

558,57

Cruzeiro do Oeste (PR) Zeca Dirceu (PT)

11.157.519,89

20.182

552,85

Brasília (DF) José Roberto Arruda (DEM)

1.320.902.624,88

2.455.903

537,85

Belo Horizonte (MG) Márcio Lacerda (PSB)

1.266.048.700,68

2.412.937

524,69

Curitiba (PR) Beto Richa (PSDB)

871.363.913,96

1.797.408

484,79

Foz do Iguaçu (PR) Paulo Mac Donald Ghis (PDT)

107.743.714,71

311.336

346,07

Rio de Janeiro (RJ) Eduardo Paes (PMDB)

1.985.433.611,47

6.093.472

325,83

Altônia (PR) Pedro Nunes da Mata (PP)

4.957.904,66

19.904

249,09

São Paulo (SP) Gilberto Kassab (DEM)

2.666.336.389,03

10.886.518

244,92

Ubiratã (PR) Fábio D’Alécio (PPS)

4.884.962,69

21.214

230,27

Ponta Grossa (PR) Pedro Wosgrau Filho (PSDB)

42.347.528,23

306.351

138,23

Loanda (PR) Álvaro de Freitas Neto (PR)

2.069.524,48

19.464

106,33

Cascavel (PR) Edgar Bueno (PDT)

24.118.600,38

285.784

84,39

TOTAL

R$ 8.814.920.745,01

25.454.274

R$ 346,30

Veja as verbas recebidas em 2008 e 2009

*Repasses aos municípios em 2008 e 2009, exceto transferências constitucionais e outras compensações (como FPM, FPE, ICMS, ITR, Fundeb e Cide). Fonte: Congresso em Foco, com base em dados do Siga Brasil/Siafi, recolhidos em 2.outubro.2009.

Vizinho pródigo

Proporcionalmente, Cruzeiro do Oeste também obtém mais verbas que a capital do Paraná. Curitiba, dirigida pelo oposicionista Beto Richa (PSDB), só recebeu R$ 484,79 por habitante no mesmo período. Entre as seis maiores cidades do estado, o município comandado por Zeca Dirceu só perde em desempenho de verbas recebidas para Maringá e Londrina, também dirigidas por prefeitos da base aliada do governo Lula.

Localizada no noroeste do Paraná, Cruzeiro do Oeste bate todos os municípios de sua região com população semelhante. Altônia, a 100 quilômetros de distância da cidade de Zeca Dirceu, também tem cerca de 20 mil habitantes, mas obteve apenas R$ 2,6 milhões da União do ano passado para cá. Quase um quarto do valor obtido pela cidade de Zeca Dirceu.

Loanda, a 120 quilômetros, conseguiu R$ 1,4 milhão para beneficiar os 19 mil moradores da localidade. Ubiratã ficou com R$ 983 mil para repartir entre os 21 mil habitantes do município situado a 150 quilômetros de Cruzeiro do Oeste.

Asfalto e calçamento

Entre as principais verbas recebidas pela cidade comandada por Zeca estão R$ 3,5 milhões que o Ministério das Cidades destinou no ano passado para obras de urbanização, como asfalto e calçamento. Outros R$ 26 mil foram para planos de habitação de interesse social, como casas populares.

Em 2008 e 2009, o Ministério do Turismo enviou R$ 568 mil para projetos de infra-estrutura turística. Ações para melhorar o saneamento básico receberam R$ 1 milhão do Ministério da Saúde do ano passado para cá. O programa Saúde da Família em Cruzeiro do Oeste foi agraciado com R$ 1,1 milhão desde 2008.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: