Um carnaval de surpresas: Avião cai, se parte em três e, de 135, 9 morrem

25 fevereiro, 2009

Este carnaval está marcado por algumas notícias bem surpreendentes. Primeiro foi o envolvimento da marçonaria em esquemas de corrupção, mostrando que até os mais insuspeitos não estão livres. Depois foi um menino que ver no escuro, criando desafios a ciência e a ética de pesquisas. Agora, é um avião que caiu na Holando, se partiu em três e perdeu um motor, uma asa e a cauda, mas nenhum dos 134 passageiros morreram. Sem falar na ditaBRANDA da Folha de SP, é pouco???

Veja:

Um avião da companhia aérea Turkish Airlines caiu nesta quarta-feira próximo ao aeroporto internacional de Schiphol, em Amsterdã (Holanda), com 127 passageiros, incluindo um bebê, e sete tripulantes a bordo. O voo saiu nesta manhã de Istambul, na Turquia, com destino a Amsterdã, na Holanda. De acordo com a Turkish Airlines, todos os ocupantes sobreviveram ao acidente. No entanto, algumas agências turcas afirmam que ao menos uma pessoa morreu.

As primeiras informações sobre o número de passageiros era de que 143 pessoas estavam a bordo. No entanto, em uma entrevista coletiva com o porta-voz da companhia aérea e autoridades turcas, foi divulgado que 134 pessoas estavam no avião.

“As autoridades insistem em afirmar que ninguém morreu. Alguns sobreviventes relatam que a parte traseira do avião teria sido atingida primeiro. Helicópteros e ambulâncias estão no local dando apoio para as equipes de resgate. A maioria das pessoas que estão no avião são turcas e alguns passageiros estão em estado de choque”, informa a correspondente da CNN no local.

De acordo com as autoridades locais, a maioria dos passageiros que estava na parte traseira do avião foi ferida, mas existem relatos de pessoas que não foram atingidas.

Sobreviventes relatam que a parte traseira teria sido atingida primeiro na queda
Cerca de 30 ambulâncias prestam socorro. De acordo com a CNN, autoridades da embaixada turca em Amsterdã se dirigem ao local do acidente para prestar atendimento.

Segundo a CNN, ao menos 80 pessoas foram retiradas do avião. Os bombeiros informaram à emissora que existe a possibilidade de outros sobreviventes estarem andando nos arredores do acidente.

Em entrevista por telefone à CNN, o sobrevivente Huseyin Sumer disse que viu o avião se partindo. “A aeronave se partiu em três pedaços. Nós queremos avisar as pessoas que a situação não é séria”. Equipes da Turkish Airlines também estão no local do acidente para prestar socorro.

Segundo a rede de TV CNN, o avião seguia de Istambul (Turquia) para Amsterdã. Ainda não há informações sobre o que pode ter causado o acidente.

Anúncios

Radiador do carro de Protógenes explode: atentado ou foi muita coincidência?!

17 janeiro, 2009

O delegado Protógenes Queiroz afirma ter sofrido atendado hoje no Rio. Vale Ressaltar, NÃO DEU NA GRADE MÌDIA.

Veja seu blog:

Comunico ao povo brasileiro e aos internautas que no dia 15 de janeiro de 2009, por volta das 15:00hs. sofri o primeiro atentado quando dirigia um automóvel deslocando do Jardim Botânico com destino a Niterói, ato contíuno ainda no JB o radiador de água quente explodiu causando uma nuvem de fuça muito grande e explosão do painel do veículo. Resultado sofri queimaduras de primeiro grau nos pés e lesões pelo corpo. Sai imediatamente do Rio de Janeiro com destino a São Paulo onde fui imediatamente socorrido, por medida de segurança. No momento estou em casa me recuperando do trauma. Tenho como testemunha do ocorrido a fraterna amiga Silvia Calmon ( pisicanalista) , os populares que me socorreram e meus padrinhos Jose Zelman e Nelia Maria Zelman. (…)

Recomendação aos incautos: Não pratiquem nada contra mim, não adianta os individuos do mal vir contra ao cidadão de bem, vão ter que praticar atentados em mais de duzentos milhões de basileiros indignados e façam bem feito, para não ocorrer da forma como aconteceu com Protógenes no dia 15 de Janeiro do corrente ano. Desejo ao Daniel Dantas e comparsa SAÚDE e PAZ que a verdade se revelará. 

____

Comentários do Conversa Afiada de Paulo Henrique Amorim: Isso não é a primeira vez!

Porque Protógenes acha que foi um atentado?

17/janeiro/2009 12:52

. Depois que a “repórter” da Folha (*) Andrea Michael publicou uma “reportagem” sob “encomenda” (**) para avisar Daniel Dantas que ele estava para ser preso, ocorreu em Brasília um fato que ainda está por desvendar-se.

. O ínclito delegado Protogenes Queiroz – que sofreu um atentado quinta-feira passada, no Rio – usava uma Blazer verde.

. Um dia, o perito que trabalhava com ele, Esmeraldo Parangaba, saiu com a Blazer.

. 50 metros depois, a roda dianteira direita ficou frouxa.

. Esmeraldo parou a Blazer e verificou que os parafusos originais tinham sido trocados.

. Protógenes denunciou o fato aos superiores, na Polícia Federal.

—-

Luís Nassif:  Comentário

Assim como nesse caso do pen-drive (vazado pelo corregedor da PF para o Estadão), é melhor aguardar mais informações sobre o episódio.

Do Acerto de Contas:

O radiador do carro dirigido pelo delegado Protógenes Queiroz explodiu na quinta-feira, quando este se deslocava do Jardim Botânico para Niteroi, no Rio de Janeiro.

A explosão teria sido tão forte que destruiu o painel do veículo, tendo o delegado sofrido queimaduras de primeiro grau nos pés e lesões pelo corpo.

Protógenes está agora em São Paulo, e divulgou esta notícia no seu blog.

Eu como sou desconfiado, não acredito muito em coincidências, ainda mais morando em Recife, onde as coisas se resolvem à base da violência.

E você, acredita?


Adolescente Ellane morre ao cair de roda gigante

31 dezembro, 2008

Neste Natal aconteceu um acidente triste em Duas Estradas, pequena cidade do Brejo Paraibano. A estudante Ellane Silva de Lima de 14 anos foi vítima de um grave acidente quando estava em uma roda gigante de um parque de diversões. Segundo notícia o acidente ocorreu no período da noite, por volta das 8 horas e conforme depoimento de populares há duas versões: uma diz que o encaixe de segurança da cadeira teria se soltado, outra diz que a cadeira teria travado e girado deixando os ocupantes de cabeça para baixo.

O namorado, nome Leandro, que acompanhava a garota no momento do acidente teria se agarrado à roda gigante e à adolescente, porém ela veio a cair em cima da bilheteria do parque. Este acidente ocorreu na noite de Natal e a adolescente veio a falecer dia 29 em João Pessoa. 

Este é um crime que merece repúdio da população seja para o parque, devido a má condição e manejo dos equipamentos, seja para o governo local, visto que o parque não tinha o certificado de inspeção do Corpo de Bombeiros para funcionar e saiu da cidade após o acidente. O Parque pelo visto é totalmente responsável pelo acidente e deve responder por isto perante a justiça, não se pode deixar isso impune. Outra pergunta: como o parque fugiu sem nenhuma ação dos órgãos competentes?

Em época de festas os parques se espalham pelas pequenas cidades do interior e brejo. É notória a má condição dos equipamentos, quem presta maior atenção percebe cabos com partes deteriorizadas, enferrujadas, armações e estruturas sem conservação. É preciso cobrar maior fiscalização das prefeituras e dos órgãos do estado para garantir a segurança da população.

Para fazer festas, chamar bandas musicais e no final fazer propaganda os governos são bem agéis e eficientes, mas quando o assunto é a gestão efetiva do evento toda este empenho desaparece. A prefeitura de Duas Estradas tem e deve que se pronunciar. Isso serve de exemplo para outras cidades e para os cidadãos paraibanos na cobrança de seus direitos a segurança e boa gestão pública.

A morte de Ellane não pode ser em vão. Quantas outras crianças e adolescentes terão serão vitimadas para que as providências sejam tomadas? Não é possível que nenhuma pessoa da cidade saiba o nome ou o dono do parque?