Demissão em Campina: Prefeito demite 700 celetistas

22 janeiro, 2009

No portal PAraíba1 saiu a notícia da demissão de 700 celetistas que estão na prefeitura de Campina Grande. Para completar Veneziano convocou de imediato 700 concursados, criando uma situação de alegrias para uns e não para outros,de modo a contrabalançar os impactos negativos da demissão.

 Como havia falado antes, os servidores que foram admitidos entre 1983 e 1988 não podem ser demitidos sem justa causa, pois nesta época era legal contratar sem concurso e ainda a constituição é omissão sobre essas pessoas, criando um vacuo legal. Por outro lado, as demissões de ontem foram dos celetistas, tudo indica ser caso diferente do primeiro. Há que se analisar tais aspectos. Quando foi contratados tais celetistas? Que instrumento legal os ampara? 

Em cumprimento à determinação da Justiça do Trabalho, a Prefeitura Municipal de Campina Grande demitiu na quarta-feira (21) 700 funcionários que trabalhavam em regime da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), totalizando 2.400.

Ao mesmo tempo, cerca de 700 pessoas aprovadas no último concurso público deverão ser convocadas pelo prefeito Veneziano Vital do Rêgo, a partir de amanhã.

O procurador-geral do Município, Fábio Thoma, explicou que a PMCG cumpriu a decisão do juiz substituto da 5ª Vara do Trabalho, David Sérvio Coqueiro. “A partir de agora, a Prefeitura de Campina Grande não tem mais celetistas, exceto os funcionários de programas especiais do governo federal”, esclareceu Thoma. Dentre os programas, Fábio citou o Fome Zero, Bolsa Família e cozinhas comunitárias.

Convocação

Os celetistas serão substituídos por funcionários concursados que passarão a fazer parte do quadro efetivo da Prefeitura campinense. Iara Felício, uma das diretoras da Secretaria de Administração, revelou ontem que cerca de 700 aprovados em concurso vão ser convocados a partir desta sexta-feira.

Para a sexta-feira (23), está prevista a divulgação do edital do pessoal que trabalhará na Secretaria de Educação. O secretário Flávio Romero revelou que enviou para a pasta de Administração a relação com os nomes de 377 aprovados. Do total, 167 são do Magistério, incluindo professores e técnicos, e 210 do nível básico, a exemplo de merendeiras, vigilantes e auxiliares de serviços, dentre outros.

Os demais aprovados – 323 – deverão ser convocados na próxima semana, através de edital que será publicado na imprensa, no site da PMCG e no hall do prédio que abriga as Secretarias de Administração e Finanças.


Demissão em Campina: CUT se pronuncia após decisão do Juiz

31 dezembro, 2008

Utilizando dos meios legais para reivindicar seus direitos a Associação dos Servidores Públicos das Regiões Norte e Nordeste entrou com mandato de segurança na justiça e por decisão da juíza Maria Emília Neiva de Oliveira, que trabalhou no domingo, os servidores devem permanecer no cargo até que o processo seja julgado. A CUT fez pronunciamento por nota oficial sobre o caso de Campina Grande e tapou burrado deixado pela Associação que até agora não se pronunciou oficialmente. Veja nota da CUT:

CUT comemora decisão de manter servidores da Prefeitura de Campina Grande

A Central Única dos Trabalhadores da Paraíba (CUT/PB) considera uma grande vitória a decisão da Justiça em proibir a exoneração dos servidores estatutários da Prefeitura de Campina Grande. De acordo com o vice-presidente da entidade, Arimatéia França, os representantes da CUT irão insistir na proposta da viabilização do Projeto de Ementa Constitucional (PEC) para garantir a estabilidades destes servidores.

“Os servidores podem contar com o apoio das entidades que lutam pelos direitos dos trabalhadores em caso de qualquer ameaça, mesmo em relação às entidades que não são formadas por profissionais da mesma categoria”, destacou Arimatéia França. Segundo o sindicalista, a CUT iria entrar com uma ação para impedir a exoneração de mais de 1,6 mil servidores. “No entanto, várias outras entidades também se mobilizaram em prol da defesa dos trabalhadores e de suas famílias”, explicou ele.

A decisão de cancelar a saída dos profissionais foi tomada pela juíza da 1ª Vara Cível, Maria Emília Neiva de Oliveira, no último domingo. Ela entendeu que qualquer servidor contratado até a data da publicação da Constituição Nacional já adquiriu estabilidade, mesmo que não tenha sido concursado. A tentativa de exoneração foi causada por um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) emitido pelo Ministério Público Estadual, que obrigava a demissão dos contratados sem concurso durante o período entre 1983 e 1988.

—-

Segundo decisão da juíza: “Eles (servidores) não poderiam ser exonerados desta forma. Cabe ao prefeito provar que estes servidores não são estáveis, mas acredito que a maioria dele é estável”. A CUT por sua vez faz referência a PEC 054/99 (que virou 59/99) que sugere a estabilidade para os servidores que ingressaram no serviço público entre 1983 a 1988, e assegura a efetivação para os trabalhadores, contratados a título de serviços prestados, após 1988. Este é o caso da maioria, acredito, dos servidores envolvidos na demissão coletiva, ou seja, é um caso ainda em discussão tanto na justiça quando no congresso.


Prefeito Veneziano distribui nota de esclarecimento

27 dezembro, 2008

Prefeito Veneziano distribui nota de esclarecimento:

Aos Campinenses e
Paraibanos, especialmente aos companheiros e companheiras do serviço público municipal.

Dirijo-me, em particular, aos servidores admitidos entre 1 983 e 1 988, ora em momento de inquietação e perplexidade.

De efeito, firme no espírito e sentimentos próprios do NATAL, de certo sempre presentes e obediente às responsabilidades que me são cometidas, devo e quero reafirmar que, conforme asseverei publicamente nessa passada terça-feira, dia 23, determinei, por iniciativa pessoal, a suspensão de eventuais exonerações, afastamentos e outros quaisquer atos porventura incidentes sobre os funcionários nomeados no referido período.

Sensível a efeitos e repercussões – como se viu em difusas manifestações promovidas na cidade – decorrentes do Termo de Ajuste de Conduta firmado entre o Ministério Público e o Governo Municipal, que nos foi apresentado e constante de expressa “Recomendação” da Egrégia Curadoria de Defesa do Patrimônio Público desta Comarca, ao tempo em que adotei medidas pertinentes e cabentes, mantive saudável e fecundo entendimento com a douta e distinta Titular do aludido Órgão Ministerial, buscando soluções suasórias. Reiterando solicitude e altíssimo descortino, Sua Excelência assentiu na promoção de um encontro ensejador do reexame da complexa e vexatória questão – o que ocorrerá na tarde da próxima segunda-feira. E, de tudo, os interessados servidores serão, de pronto e verdadeiramente, informados. Releva realçar que essa reunião foi estabelecida em tempo de recesso, isto é, estando a ilustrada Promotora em gozo de férias; uma revelação de elogiável espírito público e devoção profissional da dignitária.
Vamos, pois então, com as participações de Representantes da Câmara de Vereadores e de Líderes de Categoria interessada, buscar e encontrar uma síntese que harmonize, quanto possível definitivamente, emergentes divergências; enfim, compatibilizando-se o legal e o justo.

De resto, os que teimam em deturpações odiosas ou insistem por examinar e tentar ressuscitar retrógradas e perversas condutas políticas, voltarão, mercê de DEUS, aos lugares para onde foram remetidas pela soberania do bravo campinense, desde 26 de outubro passado.

Campina Grande, em 26 de dezembro de 2 008.

Veneziano Vital do Rêgo Segundo Neto
Prefeito

 

Interessante ver as partes em destaque!. É importante que o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema – SINTAB também escreva nota para esclarecer e afirmar suas posições para a população.


Demissões de servidores em Campina Grande

23 dezembro, 2008

Para quem achava que o fim de ano se resumiria, em termos de política, a greve da polícia civil, se defronta com notícias bem incomuns que vai desde a prisão de “entrepostos” de traficantes cariocas na Paraíba até a demissão de mais de mil servidores em Campina Grande. Pela leitura dos jornais locais não se sabe bem ao certo quantos foram demitidos, segundo o Wscom foram 1800 e segundo o Paraíba1 foram 1600.

Apesar de tudo alguns detalhes chamam a atenção:

– Segundo a Prefeitura a demissão, na verdade exoneração, foi ato realizado para cumprir determinação de decisão do Ministério Público, sob pena de punição; 

– Segundo Prefeitura e Ministério Público todos os funcionários demitidos foram admitidos entre 5 de outubro de 1983 e 5 de outubro de 1988 sem concurso público e de acordo com a constituição estão irregulares;

– O período de 1983 a 1989 o prefeito era Ronaldo Cunha lima;

– O deputado Arthur Cunha Lima colocou a assessoria da Assembléia Legislativa para à disposição dos demitidos. Porque o interesse da AL?

– Segundo a Prefeitura na lista de demitidos está o irmão do vice-prefeito;

– Segundo os funcionários as demissões provacarão problemas sociais, na verdade, segundo eles um colapso e genocídio social;

– Segundo a prefeitura Olavo Rodrigues de Brito ingressou na Justiça para receber gratificações e a decisão terminou sendo pela sua demissão e ainda de outros funcionários que estariam em situação similar a dele. O feitiço virou contra o feiticeiro;

– O Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab) irá entrar com mandato de sergurança para rever a decisão judicial.

– A oposição da Câmara Municipal de Campina Grande, que é maioria, disse que poderá trancar toda a pauta e não votar nada na cidade, além de derrotar todas as matérias encaminhadas pelo executivo para serem votadas. Numa atitude radical os vereadores não dão exemplo, é preciso mecanimos mais inteligentes de pressão (em JP cada vereador custa 1,2 milhões);

– Foram demitidos 1.780 funcionários nesta semana,de uma lista que envolve 4100 mil demissões até fevereiro, veja no JP;

Pelo visto trata-se de um embate jurídico que vai render muito. Os servidores devem buscar seus direitos na justiça e pressionar a opinião pública para que casos como esse sejam mais debatidos. Como se vê, um ato realizado a mais de vinte anos atrás gera enormes problemas agora. Este ato foi analisado pela justiça, que pediu demissão dos servidores por ilegalidade.

Esta demissão com certeza gerará inúmeros problemas para quem perdeu seu emprego em pleno Natal. É necessário oferecer assistências a estas pessoas hoje e depois da decisão final da justiça, pois não se trata apenas de questão jurídica, mas agora de questão social. É necessário discutir e investigar porque estas demissões e discussões só vieram à tona agora tantos anos depois. Houve vista grossa? Como, e de quem? A prefeitura pode permanecer com estes servidores sem ser punida judicialmente?

Entenda:

Segundo a constituição Art. 37 II: a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos.

Para aquelas pessoas que entraram no serviço público antes de 1988 ficou valendo a regra: quem não tinha cinco anos completos no serviço público na data da promulgação da CF/88 perde a estabilidade. Ou seja: quem foi admitido até o dia 05 de outubro de 1983 no serviço público tem estabilidade; quem foi admitido no período de 6 de outubro de 1983 a 5 de outubro de 1988 não possui estabilidade, podendo ser demitido. 

Entretanto no período de 1983 até 1988, as pessoas poderiam ser admitidas sem concurso, ou seja, a admissão foi legal, embora eles não possuam estabilidade (ou seja pode ser demitido/exonerado desde que se tenha justa causa). Como disse é uma questão jurídica ainda não definida.

Veja lista parcial de demitidos: (já readmitidos)

1. ANTONIO GOMES DA SILVA
2. CICERO OLIVEIRA DA SILVA
3. MARIA DAS DORES GOMES DA SILVA
4. JOSE CLAUDINO DA SILVA
5. JOAO DA SILVA NASCIMENTO
6. MARIA JOSEFA DA SILVA
7. LUZIA MARIA DE LIMA
8. JOAO ALVES BARBOSA
9. EDSON BARBOSA DE OLIVEIRA LIMA FILHO
10. PAULO FELIX DA SILVA
11. DAMIAO SILVA
12. JOSELITO SILVA
13. LINDALVA ALVES DA SILVA
14. LUIZ DA SILVA MACENA
15. RITA MARIA DO NASCIMENTO
16. LUZIA MOREIRA DA SILVA
17. JOSE JACINTO DAS CHAGAS
18. SEVERINO NASCIMENTO DA SILVA
19. SEBASTIAO SEVERINO DOS SANTOS
20. ORMINDA ASFORA
21. JANIRA FARIAS DA SILVA
22. AGRIPINO BATISTA DE OLIVEIRA
23. ANA MARIA FLORA DE OLIVEIRA
24. LUZIA MARIA DA CONCEICAO
25. MARIA FARIAS DA SILVA
26. CLODOALDO DE SOUTO BARBOSA
27. MARIA DOS ESPIRITO SANTO
28. JOSE ALVES DOS SANTOS
29. JOSÉ FIRMINO DOS SANTOS
30. GENIVAL LINO DA SILVA
31. ZOROASTRO PEREIRA DA SILVA
32. MARIA DO SOCORRO SILVA SANTOS
33. IVONETE ALVES RIBEIRO
34. ANTONIO IBIAPINO RAMOS
35. JOSÉ MANUEL RODRIGUES
36. JOSE DE ARIMATEIA BARBOSA
37. MANOEL BERNARDINO DA SILVA
38. MANUEL TADEU DE LIMA
39. MANOEL LIRA DOS SANTOS
40. MANOEL MESSIAS DE SOUZA
41. RONALDO GUEDES BARROS
42. FRANCISCO LOPES DE OLIVEIRA
43. CLEODON BRANDAO COSTA
44. JOSE JOAO DA SILVA
45. SEBASTIAO GOMES DE ANDRADE
46. JOSÉ GOMES DA SILVA
47. BENTO FERNANDO MARQUES
48. JOSEFA VIEIRA DA SILVA
49. REGINA VIRGINA DA SILVA
50. JOSÉ INÁCIO DA SILVA
51. MARIA DAS DORES ALVES DA SILVA
52. MARCELO DE SOUSA LIMA
53. JOSE FIDELES SONBRINHO
54. JOAO MOREIRA DA SILVA
55. JOSE MARQUES DA SILVA
56. EDITE ROCHA
57. SEVERINA GOMES DA SILVA
58. MARIA DE LOURDES SOARES
59. JOAO FRANCISCO DA SILVA
60. JOSE MORERIRA DO NASCIMENTO
61. JOSE LINO DA SILVA
62. JOAO PAIVA DE SOUZA
63. DOMICIO JULIO DE SOUTO
64. ALZIRA BATISTA DA SILVA
65. ADONIS GONÇALO DE OLIVEIRA
66. MARIA DA CONCEICAO MONTEIRO
67. MARCC TULLIO ZIRPOLI
68. NELSON ROMUALDO DA SILVA
69. RITA HENRIQUE DE LIMA
70. JOSE DA SILVA
71. FRANCISCO SEVERINO MARINHO
72. ALMIR TEODOSIO MACIEL
73. ANTONIO LINO DA ROCHA
74. SEVERINO MANOEL DA SILVA
75. SEVERINO RAMOS DA COSTA
76. ALBA LUCIA PEREIRA RAMOS
77. LOURIVAL ANDRIOLA DE ASSIS
78. JOSE LUIZ DA SILVA
79. PEDRO CRISTIANO DE ALMEIDA
80. EDNAM BEZERRA DE MELO
81. JOSEFA PEREIRA DA SILVA
82. MARIA ROSSANA DE LIMA
83. GERALDO GABRIEL DE ALMEIDA
84. GERSON GABRIEL DA SILVA
85. LUZINETE BARROS VERAS
86. JOSE MOURA DA SILVA
87. FRANCISCO POLICARPO DA SILVA
88. CRISPIANO HERCULANO
89. ADEMAR TAVARES DE LIRA
90. MARIA JOSE DIONISIO
91. ANTONIO JERONIMO MONTEIRO
92. ADEMAR CLAUDINO DA SILVA
93. ANTONIO URSOLINO DE LIMA
94. ANTONIO HENRIQUE DA SILVA
95. GENIVAL GOMES
96. FRANCISCA CANDIDA DE OLIVEIRA FELIPE
97. MARIA DO NASCIMENTO
98. GERALDO SILVA DO NASCIMENTO DUARTE
99. ROBERTO MARQUES DE SOUZA
100. MARIA DAS DORES ANDRADE CARVALHO
101. MARIA DAS DORES NUNES COSTA
102. MANOEL JOSUÉ DA SILVA
103. CICERO BEZERRA DA SILVA
104. EUCLIDES OLAVO DE SOUZA
105. MARIA DE LOURDES RABELO
106. UBIRANI PEREIRA AGRA
107. HELENA SILVA MEDEIROS
108. FABYANA GOMES MUNIZ DA SILVA
109. JULIO CESAR MENDONCA DE BRITO
110. RENE FARIAS DE MORAIS
111. ODERVAL ALMEIDA DE AGUIAR
112. NOALDO FIRMINO DA SILVA
113. FRANCISCO LUCIO DA SILVA FILHO
114. BARTOMOEU BARBOSA DE MELO
115. MARIA DA GUIA ARAUJO PEREIRA
116. GENARO FARIAS SOUTO
117. JONAS JOSE EVARISTO
118. FRANCISCA RITA DA SILVA
119. MARIA TELMA VIEIRA DA SILVA
120. GEORGE IREGILDO DA SILVEIRA
121. PAULO ROBERTO FERNANDES DA SILVA
122. JOELSO BEZERRA DA NOBREGA
123. ANTONIO CABRAL TERTO
124. EDIVALDO VERISSIMO
125. JOSE VITAL DA COSTA
126. JOSE FABIO LUCENA BENICIO
127. GILDSON NUNES DE OLIVEIRA
128. FRANCISCO DE JESUS CARDOSO XAVIER
129. MARIA DO SOCORRO LAURINDO SILVA
130. MARIA DO SOCORRO GOMES CUSTODIO
131. JOSE DE ASSIS DOMINGOS SANTOS
132. MARIA FARIAS PINHEIRO
133. MARIA DO SOCORRO DA SILVA MARINHO
134. MOACYR SILVANO DA SILVA
135. LUCIA ALEXANDRE DA SILVA
136. FRANCISCO DE ASSIS GOUVEIA FILHO
137. CICERO LUIZ DOS SANTOS
138. ERALDO BEZERRA PIMENTEL
139. GENI FERREIRA DA SILVA
140. ARMANDO SOARES PAULO
141. MARCOS ANTONIO COLASSO
142. MARIA RITA FERREIRA
143. IVANILDO SANTOS DO NASCIMENTO
144. MANOEL JOSÉ DA SILVA
145. JOSE MOREIRA DA SILVA
146. ANTONIO DOS SANTOS LOPES
147. MARIA IVANILDA BARBOSA
148. MARIA DELFINO ALVES
149. MARINALDO PEREIRA DA SILVA
150. REGINALDO SATURNINO DUARTE
151. JOSE DA SILVA
152. PAULO VIEIRA DA SILVA
153. ANTONIO JUSTINIANO DA SILVA
154. MAURINO LOURENÇO
155. FRANCISCO JOSE DE ASSIS
156. FRANCISCO DE ASSIS MARCOS SOUSA
157. JOSEFA BARBOSA LUCENA
158. IRACEMA ANTONIA DAS NEVES
159. FRANCISCO LAURENIO SARAIVA COELHO
160. MARIA DA GUIA DOS SANTOS
161. TEREZINHA MARIA DA SILVA
162. EDILENE GONÇALVES DE SIQUEIRA
163. RAIMUNDA MARIA FERREIRA
164. EDNA NUNES CONSERVA
165. JOSE CLAUDIO CUNHA
166. ANTONIO ALVES BARBOSA
167. EDUARDO MANOEL DOS SANTOS
168. JOSE OTONI DE MELO SOARES
169. MARIA DO CARMO MARTINS SILVA
170. TEREZINHA MARIA DA CONCEICAO
171. MARIA IVANILDA PINTO DE ARRUDA
172. VICENTE ESMERALDO DE ALMEIDA BRANDAO
173. IVONETE BARBOSA FARIAS
174. JOSIVALDO SALATIEL DE AGUIAR
175. PAULO GUSTAVO LOUREIRO MARINHO
176. LYSANDRO NAVARRO DE LIMA
177. JOAO BATISTA DA COSTA
178. MARCOS ANTONIO DE MATOS
179. ARGEMIRO GOMES DE ARAUJO
180. ANTONIO POLICARPO DA SILVA
181. MARIA JANE DE OLIVEIRA
182. DULCE DA CUNHA MELO ODILON
183. ANTONIO JEFERSON PALMEIRA DA SILVA
184. MARIA DAS GRACAS SILVA FLORENCIO
185. JERCINEIDE PEREIRA DE LIMA
186. GILBERTO CAVALCANTE DE ANDRADE
187. GERALDA DE SOUZA
188. ERIVAN NOGUEIRA DE SOUZA
189. ALEXANDRE BORBOREMA SILVA
190. GERSINA MARIA FREITAS ALVES FERNANDES
191. AYALA ANDRADE DE SÁ PINTO
192. EDVAN MOREIRA GONÇALVES
193. ZARAH BESERRA DE MELO SOUSA
194. JOSEFA DO REGO VIEIRA
195. ANGELITA ALEXANDRE DA SILVA
196. WILMA BELARMINO DA SILVA
197. JONAS IRAJAN DA SILVEIRA
198. CARLOS ALBERTO GALDINO
199. MARIA DE LOURDES DOS SANTOS ALVES
200. NELLY COLASSO DALBUQUEQUE CAVALCANTI
201. TEREZA CRISTINA DE MELO LEAL
202. SANDRA MARIA DE LIMA SILVA
203. RHONDES OLIVEIRA QUEIROZ
204. ERICK HOMELL LIEBIG GONÇALVES
205. WILDER SILVA VIEIRA
206. VALDECI VICENTE DA SILVA
207. CLAUDOMIRO DO NASCIMENTO BEZERRA
208. LUISMAR TOMAS DA SILVA
209. FLAVIO ROBERTO SOUZA RIBEIRO
210. MARIA DO SOCORRO ALVES FEITOSA
211. MARINETE VIRGINIO DE ARAUJO
212. JOSE AIRTON DE LIMA
213. EDIVALDO JOSE GOMES
214. LUIZ MARCOS MENDES DE SOUZA
215. JOSEMIR NASCIMENTO VIEIRA
216. ODETE BARBOSA DE LIMA
217. MARCELIA AVELINO GOMES
218. MARIA SOLANGE DE SOUZA MOURA
219. MAURICIO JOSÉ SOARES CORREIA
220. JOSÉ BEZERRA DE SALES
221. LUIS AURIMAR OLIVEIRA DE FARIAS
222. JOSE RODRIGUES DA SILVA
223. TANIA MARIA ARAGAO ALMEIDA
224. MARIA DALVA SALES
225. JULIO PEREIRA DA COSTA SILVA
226. LUCIMARY SANTOS SILVA
227. MARIA DE LOURDES MONTENEGRO
228. VIVIAN LEIDE SILVA VIEIRA
229. OSCAR FERREIRA DE MELO NETO
230. NARCISIO DOS SANTOS
231. HILDEBRANDO DA SILVA COSTA
232. MOANDAS GANDI DE ARAUJO
233. NIVALDO GUIMARAES SOBREIRA
234. JOSELIA GUEDES BARBOSA
235. ANTONIA DO NASCIMENTO SANTOS
236. JOSE LUIZ DE SOUZA NETO
237. JOSE LAURENTINO BARBOSA
238. MARCELO TARGINO DO NASCIMENTO
239. ANTONIO BENTO DA SILVA
240. JOSE ALVES DA SILVA
241. GERALDO FELIPE DE OLIVEIRA
242. JORGE DA SILVA
243. MARIA DO SOCORRO OLIVEIRA SILVA
244. PATRICIA SILVERIO CESAR
245. JOSE NETO BARBOSA DA SILVA
246. JOSENILDO DE SOUSA
247. MARIA DE LOURDES TABOSA DE AZEVEDO QUEIROZ
248. CARMEM LEDA BASTISTA GUIMARAES
249. SEVERINO DA SILVA MOURA
250. MOISES GUEDES DE ANDRADE
251. VANDERLEIDE RODRIGUES LUCENA
252. ZENILDA DA SILVA CAVALCANTI
253. LEOMARIO GONÇALVES PESSOA
254. MARIA DO SOCORRO ANDRADE
255. AGAMENON ALVES RODRIGUES
256. SEVERINO ALVES DE LIMA FILHO
257. ANTONIA ALBUQUERQUE SILVA
258. DARCI MARIA DIAS DA SILVA
259. MARTA SUELY DA SILVA BEZERRA
260. JURACI DINIZ
261. SAVIO GUIMARAES NOBREGA
262. NASIDI LIMA DE ASSIS OLIVEIRA
263. RITA FERREIRA DE LIMA ALVES
264. GENIVALDO MARTINS CAVALCANTE
265. JOSE ANTONIO MENDES
266. IVANILDA DOS SANTOS MONTEIRO
267. VALTER LUIS ALMEIDA RIBEIRO
268. LUCILENE LEAO DO NASCIMENTO
269. LUCIA DE FATIMA URTIGA
270. WALTER NUNES DA SILVA
271. ROZELITA DE MELO FREITAS
272. VALDEMAR CAITANO VILARIM
273. TOMIRES SOARES DA SILVA
274. SUELY DE SOUSA GOUVEIA
275. FRANCINEIDE REJANE DE MENEZES
276. ANTONIO VIEIRA DE SOUZA
277. PAULO JOSE DA SILVA
278. EVILASIO ALEXANDRE DA SILVA
279. MARIA GORETI DA SILVA BRITO
280. JOAO BOSCO CASSIMIRO
281. SEVERINO FRANCISCO DE SOUZA
282. CICERO ARAUJO NASCIMENTO
283. MARIA DAS NEVES PEREIRA DE SOUSA
284. MARIA DO CARMO PEREIRA DA SILVA
285. MARIA DE LOURDES FERREIRA
286. JOSÉ ERALDO FERNANDES ESTRELA
287. JOAO DE SOUZA SILVA
288. JAIME CLEMENTINO DE ARAUJO
289. FERNANDO ANTONIO CAVALCANTE
290. MARIA DO SOCORRO GUIMARAES LIMA
291. MARCELO ANTONIO RAULINO DE OLIVEIRA
292. LUCIA ARAUJO
293. RAIMUNDO LAZARO DOS SANTOS
294. RICARDO JOSE CRISANTO GUEDES
295. LAERSON ALVES DE MEDEIROS
296. REGINA COELI SANTOS LIMA DE ARAUJO
297. MANUEL TORRES DOS SANTOS
298. ZARA PEQUENO
299. JAIME CLEMENTINO DE ARAUJO JUNIOR
300. ANA MARIA DA COSTA RAMOS
301. GLAUCE PINHEIRO SANTOS NOGUEIRA
302. VITORIA APARECIDA PEREIRA VITOR
303. EVERALDO RODRIGUES DANTAS
304. MARCO TULIO QUINTANS MEIRA
305. CANDIDO ALEXANDRINO NETO
306. CARLOS ANTONIO SILVA
307. IVANY ALMEIDA BATISTA
308. ANTONIO PEDRO DA SILVA
309. DJACKSON DE LIMA BARBOSA
310. MARLI LUCENA LEÃO
311. JOSÉ ARAGAO SOBRINHO
312. JOSAFA DE PAIVA
313. JANE LELLYS CAVALCANTE
314. FRANCISCO DE ASSIS ARAUJO
315. CELIANA LIMEIRA DOS SANTOS

Atualizado as 16.40